PLANO DE AÇÃO PARA MANEJO DE CASOS DE INFECÇÃO PELO NOVO CORONAVÍRUS (SARS-COV2) NO INI


Desde que o Brasil declarou a situação da Epidemia pelo Novo Coronavírus (SARS-CoV2) como Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional, estabeleceu o Centro de Controle de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE-nCoV) como mecanismo nacional da gestão coordenada da resposta à emergência no âmbito nacional.

 

O Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI), da Fundação Oswaldo Cruz, foi definido pelo MS como referência no Estado do Rio de Janeiro para a assistência e internação dos pacientes suspeitos de infecção pelo vírus e, diante disso, a direção do INI observou a necessidade de delinear estratégias para atuação frente à possibilidade de internação e/ou atendimento de pacientes suspeitos de COVID-19 na sua unidade.

 

Este documento tem como objetivo sistematizar e apresentar o conjunto de atividades necessárias ao manejo de pacientes suspeitos de COVID-19 no INI, assim como compartilhar as informações específicas que estão sendo construídas, sendo importante lembrar que os protocolos de atividades estão sendo desenvolvidos e monitorados continuamente e revisados sempre que necessário, face à dinâmica da situação epidemiológica.

 

Acesse o documento aqui



Publicado em: 12/5/2020

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA