OMS: movimento antivacinas é uma das principais ameaças à saúde


A Organização Mundial da Saúde (OMS) publica anualmente uma lista das dez ameaças globais à saúde. Algumas doenças são repetidas ano após ano e já são comuns nesta lista, como a AIDS e a dengue. Mas nesta versão de 2019, surpreendeu o surgimento de um grupo organizado, que não é uma doença, mas sim uma ameaça social: o movimento antivacinas.

 

Segundo a entidade, as vacinas impedem entre dois e três milhões de mortes por ano. A vacinação não é uma decisão pessoal, é uma responsabilidade social!

 

Devido à gestão lamentável de movimentos como o mencionado, a OMS aponta que as doenças controladas em todo o mundo voltam a ser uma ameaça. Um exemplo específico é o sarampo, que viu seus casos aumentarem em 30%.

 

Leia a íntegra do artigo AQUI.



Publicado em: 31/1/2019

Inscreva-se





ÁREA RESTRITA